7 principais indicações da luz pulsada

A Luz Intensa Pulsada, ou LIP, é um tipo de tratamento semelhante ao laser, que pode ser usado para remover manchas na pele, combater rugas e linhas de expressão e remover os pelos indesejados por todo o corpo, especialmente no rosto, peito, abdômen, braços, axilas, virilhas e pernas.

Os tratamentos com a luz intensa pulsada são seguros e vários estudos científicos tem demonstrado que mesmo meses após as sessões de tratamento não há aumento das células de defesa que estão relacionadas a presença de doenças e tumores cancerígenos.

É importante que o tratamento seja realizado por umprofissional devidamente capacitado como o dermatologista ou fisioterapeuta especialista em dermato funcional, já que existem vários detalhes que podem comprometer os resultados do tratamento.

1. Depilação prolongada 

A luz intensa pulsada pode ser realizada para promover uma depilação prolongada, já que consegue promover a remoção de boa parte dos pelos, e os que nascem após o fim do tratamento são mais finos e claros, ficando muito discretos e mais fáceis de remover com a pinça, por exemplo. Esse tratamento pode ser feito no rosto, axilas, barriga, costas, virilha, braços e pernas.

De forma geral, são recomendadas cerca de 10 sessões, com intervalo de 1 mês entre elas, que é o tempo necessário para que o pelo se encontre na fase anágena, que corresponde à fase de crescimento do pelo, sendo possível obter melhores resultados com a luz pulsada. 

2. Eliminação de rugas e linhas de expressão

As linhas de expressão podem ser completamente removidas e as rugas podem ser atenuadas com o uso do aparelho de Luz Intensa Pulsada, porque este tratamento promove o aumento da quantidade das fibras de colágeno e melhora a organização das fibras de elastina que dão sustentação à pele, e que normalmente tem sua produção diminuída com a idade, a partir dos 30 anos.

O aumento destas células é progressivo, por isso, após cada sessão de tratamento, as células continuam sendo produzidas naturalmente pelo corpo durante cerca de 3 meses, e por isso os resultados não são imediatos, mas se mantêm por longos períodos. Assim, uma boa estratégia é fazer 5 sessões a cada ano para eliminar completamente rugas e linhas de expressão.

3. Combate à rosácea e telangiectasia

A rosácea e a telangiectasia são situações que podem ser tratadas com o auxílio da luz intensa pulsada, porque a luz e a energia emitidas pelo aparelho promovem uma melhor reorganização das células e distribuição dos pequenos vasinhos de sangue.

De forma geral, são necessárias 3 a 4 sessões, com intervalo de 1 mês entre elas, e normalmente é observada uma redução de 50% já na segunda sessão de tratamento. Não existem efeitos adversos desse tratamento, ficando a pele somente rosada na região tratada nas primeiras horas, mas não ficam cicatrizes ou manchas no local. 

4. Tratamento da acne

O tratamento com luz intensa pulsada elimina também a acne quando são utilizadas as luzes verde ou vermelha do equipamento. Enquanto a luz verde elimina a bactéria que está relacionada à acne, que é a Propionibacterium acnes, a luz vermelha combate a inflamação, que é importante para destruição completa desta bactéria. São necessárias 3 a 6 sessões de tratamento, sendo normalmente observada melhora no aspecto da pele e da acne após a terceira sessão.

No entanto, não se pode utilizar a luz pulsada quando a pessoa toma medicamentos como Roacutan (isotretinoína), corticoides, ácido acetilsalicílico, anti-inflamatórios não hormonais, fotossensibilizantes ou quando a pele está bronzeada. Conheça outras opções de tratamento para acne. 

5. Eliminação de estrias 

A luz intensa pulsada também é um bom tratamento para estrias recentes, que são avermelhadas, porque estimula os fibroblastos a produzir fibras colágenas e a reorganizá-las no estroma. Com esta técnica, é observada uma redução da quantidade de estrias e também diminuição de sua largura e comprimento. No entanto, são obtidos melhores resultados quando após a sessão, são utilizados meios complementares, como ácidos como tretinoína ou ácido glicólico, por exemplo. Veja outras formas de eliminar as estrias.

6. Remoção de olheiras 

A luz intensa pulsada também possui ótimos resultados na eliminação das olheiras, alcançando excelentes resultados quando a olheira é causada por congestão vascular. No caso de olheiras de origem hereditária ,os resultados podem não ter grande significado. São necessárias, pelo menos, 3 sessões com intervalo de 1 mês para alcançar os resultados. Confira outros tratamentos indicados para remover as olheiras.

Após a sessão é normal que a pele tratada fique um pouco avermelhada nas primeiras horas, podendo permanecer por até 3 dias, e pode haver formação de pequenas crostas que não devem ser removidas com as unhas. 

7. Remoção de manchas da pele

A luz intensa pulsada pode ser também indicada para remover as manchas escuras da pele, até mesmo em caso de melasma. O tratamento com a luz pulsada clareia a pele, aumenta em 50% a quantidade de fibras de colágeno e elastina deixando a pele mais firme e menos flácida, além de aumentar também a presença de pequenos vasos na pele, que melhoram a oxigenação sanguínea local, conferindo um tom uniforme e uma pele mais jovem e bonita. 

As sessões de tratamento devem acontecer com cerca de 3-4 semanas de intervalo e durante o tratamento, é recomendado o uso diário de filtro solar FPS acima de 30, no rosto, e evitar a exposição solar direta.

Após as primeiras sessões podem surgir manchas escuras no local tratado, que são chamadas de hiperpigmentação pós-inflamatória transitória, mas ao ter os cuidados diários com a pele e ao usar loção calmante a seguir ao tratamento, eles tendem a desaparecer. Usar loção clareadora por 1 mês antes de iniciar o tratamento pode diminuir o risco de manchas após o tratamento.

Conteúdo original publicado por Tua Saúde