7 sintomas de pedras nos rins (com teste online)

Os sintomas de pedra nos rins são dor intensa no final das costas ou na lateral do corpo, cólicas que vão e vem, náuseas, vômitos, dor ou ardor ao urinar, que podem surgir de forma repentina, especialmente quando a pedra começa a se movimentar em direção ao ureter, bexiga ou uretra, ou é muito grande e fica presa no rim.

A crise renal pode variar ao longo do tempo, principalmente no que diz respeito à localização e intensidade da dor, mas pedras pequenas costumam não causar problemas e muitas vezes só são descobertas durante a realização de exames de urina, ultrassom ou raio X, por exemplo.

É importante procurar ajuda médica imediatamente ou o pronto-socorro mais próximo sempre que surgem sintomas de pedra nos rins, para que sejam feitos exames de diagnóstico e iniciar o tratamento mais adequado, para evitar complicações como obstrução da passagem da urina, que pode se acumular no rim e causar inchaço no rim ou infecção renal. Confira os principais exames indicados para confirmar a pedra nos rins.  

Os principais sintomas de pedra nos rins são:

1. Dor intensa na parte inferior das costas

A dor da pedra no rim é intensa, afetando a parte inferior das costas, ou a lateral do corpo, e geralmente surge quando a pedra é muito grande e fica presa nos rins ou quando a pedra sai do rim e começa a descer em direção ao ureter ou bexiga.

Essa dor muitas vezes é descrita como sendo semelhante à dor do parto, e pode também causar dificuldade para movimentar o corpo.

No entanto, embora seja menos comum, a dor da pedra nos rins também pode ser sentida como uma sensação de pressão na parte inferior das costas ou na lateral do corpo.

2. Dor aguda que pode irradiar para a virilha ou abdômen

A dor da pedra nos rins surge de repente e pode ser tão intensa que pode irradiar para outras partes do corpo, como virilha, por exemplo. No caso de homens, a dor pode irradiar para os testículos e, nas mulheres, para a vagina.

Além disso, à medida que a pedra desce, pode surgir dor na parte inferior do abdômen.

3. Picos de cólicas renais intensas

As cólicas renais podem ocorrer em picos dor intensa que vai e vem, que podem durar cerca de 20 a 60 minutos, e geralmente, surgem quando a pedra ficar presa ou bloqueia alguma parte do trato urinário, como rins, ureter ou bexiga.

4. Náuseas e vômitos

A pedra nos rins pode causar náuseas e vômitos, que é um sintoma muito comum, e ocorre devido a estimulação do nervo esplâncnico, que é uma inervação compartilhada pela cápsula de revestimento dos rins e o estômago.

5. Dor ou ardor ao urinar

A dor ou ardor ao urinar pode ser um sinal de infecção urinária, que pode ser causada pela movimentação da pedra na uretra para ser eliminada pela urina ou pelo bloqueio da passagem da urina. Veja outros sintomas de infecção urinária

6. Necessidade de urinar frequentemente

A pedra no rim pode causar necessidade de urinar frequentemente ou urgência em urinar, o que geralmente ocorre quando a pedra se aproxima da junção vesicoureteral, que é a parte que une o ureter e a bexiga.

7. Diminuição da quantidade de urina 

A diminuição da quantidade de urina ou incapacidade para urinar pode ocorrer quando a pedra bloqueia totalmente ou parcialmente alguma parte do trato urinário, como ureter, bexiga ou uretra.

Isso pode fazer com que a urina fique retida nos rins, levando ao seu inchaço, que é chamado de hidronefrose, ou causar infecção renal, conhecida como pielonefrite, por exemplo.  

8. Presença de sangue na urina

A pedra nos rins quando se desloca pode causar uma agressão nas células de revestimento do trato urinário, podendo levar ao surgimento de pequenas quantidades de sangue na urina. No entanto, esse sintoma geralmente está mais relacionado à passagem da pedra pela uretra para ser eliminada pela urina, ou infecção urinária. 

9. Urina turva ou com mau cheiro

A pedra no rim pode também alterar a cor da urina, que pode ficar mais turva, concentrada ou com mau cheiro e, normalmente, esse sintoma está relacionado à infecção urinária ou infecção no rim.

10. Febre ou calafrios

A febre ou os calafrios podem surgir também como sinal de infecção renal causada pela pedra no rim ou infecção urinária.

Teste online de sintomas de pedras nos rins

Para saber a chance de estar com pedra nos rins, selecione no teste a seguir os sintomas apresentados:

Por que a dor costuma voltar?

Após uma crise, é comum sentir uma pressão, dor ligeira ou queimação ao urinar, sintomas que estão relacionados com a liberação das pedras restantes que a pessoa pode possuir, podendo a dor voltar a cada nova tentativa do corpo de expelir as pedras.

Nestes casos, deve-se beber pelo menos 2 litros de água por dia e tomar remédios que aliviem a dor e relaxem a musculatura, como Buscopan, receitado pelo médico durante a crise anterior. No entanto, caso a dor fique mais forte ou dure mais de 2 horas, deve-se voltar ao pronto-socorro para que sejam feitos novos exames e possa ser iniciado o tratamento.

Conheça outras formas de aliviar a dor nas costas de acordo com a sua causa

Tratamento da pedra nos rins

O tratamento durante uma crise de pedra nos rins deve ser indicado por um médico urologista ou clínico geral e normalmente é feito por meio do uso de remédios analgésicos, como dipirona ou paracetamol, e remédios antiespasmódicos, como escopolamina. Quando a dor se intensifica ou não passa, a pessoa deve procurar um atendimento em pronto-socorro para tomar remédios na veia e, após algumas horas, em que o quadro de dor melhora, o paciente recebe alta.

Em casa, o tratamento pode ser mantido com remédios analgésicos orais, como o paracetamol, repouso e hidratação com cerca de 2 litros de água por dia, para facilitar a saída da pedra.

Nos casos mais graves, em que pedra é muito grande para sair sozinha, pode ser necessária cirurgia ou tratamento a laser para facilitar sua saída. No entanto, durante a gravidez, o tratamento deve ser feito apenas com remédios analgésicos e acompanhamento médico. Veja todos os tipos de tratamento para pedras nos rins

Conteúdo original publicado por Tua Saúde