Aprenda a aliviar a dor e o peso nas pernas

Um estilo de vida saudável e ativo pode evitar peso nas pernas e proporcionar vários benefícios, incluindo alívio de pernas pesadas, inchadas e cansadas.

Peso nas pernas e dor são desconfortos que não distinguem entre sexos ou idades.

Razão pela qual qualquer um pode sofrer com esse desconforto. Além disso, pode ser devido a vários fatores. Como longas jornadas de trabalho nos pés, retenção de líquidos, má circulação, sedentarismo, altas temperaturas no ambiente.

Dependendo da causa, o tratamento para obter alívio será um ou outro.

No entanto, é claro que um estilo de vida saudável tem uma influência positiva. Vamos ver mais abaixo para entendê-lo.

Causas de peso nas pernas

  • Gravidez
  • Estilo de vida sedentário
  • Insuficiência cardíaca
  • Retenção de liquidos
  • Síndrome pré-menstrual
  • Problemas de tireóide
  • Excesso de sódio na dieta
  • Insuficiência renal ou hepática

Medicamentos entre os quais se destacam os anti-hipertensivos, antidepressivos e anticoncepcionais.

O calor acentua o problema porque tem um efeito vasodilatador que estimula o sangue a sair das veias e se acumular sob o tecido.

Isso causa inflamação, especialmente na área dos tornozelos. Por isso, é muito comum que o peso nas pernas seja mais frequente durante as estações quentes e em áreas onde predominam as altas temperaturas.

Recomendações para aliviar a dor nas pernas

Para aliviar o peso nas pernas, várias mudanças na rotina devem ser feitas. O mais importante seria o seguinte.

Mantenha uma alimentação saudável e equilibrada. Para isso, recomendamos incluir alimentos ricos em fibras e aumentar a ingestão de frutas e vegetais.

Especialmente aqueles que têm propriedades diuréticas.

Reduza a ingestão de sal e tente substituí-lo por ervas e especiarias. Deve-se notar que você deve ter cuidado com alguns, como canela e gengibre, pois são contraindicados em alguns casos.

Beba bastante água ao longo do dia, dependendo da sua sede, mesmo no verão.

Evite o consumo de bebidas industriais, incluindo sucos e águas aromatizadas.

Elimine gorduras saturadas, salsichas, açúcar branco e produtos que contenham farinha refinada.

Exercite-se e mantenha um bom controle do seu índice de massa corporal . Lembre-se que o excesso de peso dificulta a circulação sanguínea e piora o desconforto.

O mais recomendado é a atividade aeróbica: caminhar, correr, andar de bicicleta e até dançar ajudarão a aliviar o problema a curto e médio prazo.

Evite ficar em pé sem descansar por longos períodos de tempo. Mantenha-se ativo e não deixe passar dias sem fazer pelo menos 30 minutos de atividade física.

Você pode usar meias elásticas, pois elas permitem um suporte adequado para os músculos da panturrilha.

Descarte o uso de roupas apertadas e tecidos que não permitam a transpiração da pele. Roupas apertadas dificultam o retorno venoso das pernas ao coração.

Massagem para pernas cansadas

Diz-se que as massagens não contribuem apenas para o relaxamento e a libertação de tensões acumuladas.

Eles também estimulam a circulação e aliviam o desconforto das pernas cansadas.

Para fazê-los sozinho em casa, é recomendável usar um creme com aroma relaxante, como lavanda, ou um pouco de óleo essencial diluído em água.

Massagens realizadas com qualquer um desses óleos aliviarão muito mais do que sem eles. O recomendável que você faça a massagem à noite, antes de dormir. Isso irá ajudá-lo a descansar melhor.

Infusões hidratantes

Água e bebidas naturais são as melhores opções em caso de má circulação.

Não só porque ajudam a manter o corpo bem hidratado, mas também porque nos permitem evitar o consumo de bebidas que não trazem nada de bom ao corpo.

Recomendações práticas

Monitore sua pressão arterial. Coloque as pernas para cima por pelo menos 15 minutos por dia para promover uma boa circulação.

Tente evitar manter as posturas por muito tempo, sem pausas. Especialmente se você estiver usando os sapatos errados.

Mergulhe as pernas em água fria por um tempo para estimular a circulação.

Saiba mais sobre peso nas pernas no vídeo abaixo.