Como é feito o preenchimento labial?

Bastante conhecido, o preenchimento labial tem como objetivo, mudar as características dos lábios.

Nesse procedimento é possível aumentar o volume dos lábios ou alterar a sua forma.

Muito popular no mundo dos famosos, esse procedimento estético traz excelentes resultados.

Como todo tipo de procedimento estético, também deve ser realizado por um profissional especializado.

Veja neste artigo como funciona o preenchimento labial, os tipos de preenchimento, contra indicações e quem pode realizar o procedimento.

O que é preenchimento labial?

O preenchimento labial, segundo especialistas, trata-se de um procedimento estético simples considerado minimamente invasivo, podendo ser realizado em um consultório através de pequenas agulhas microcânulas.

Atualmente existem três tipos de preenchimento labial, que são, os preenchimentos temporários, os semipermanentes e os permanentes.

A diferença para cada tipo de preenchimento está no tempo de duração dos resultados, o preenchimento labial mais indicado é o temporário, que é feito com ácido hialurônico.

Tipos de preenchimento

Agora que já viu os tipos de preenchimento, veja abaixo a diferença de cada um.

Temporário

Como foi dito anteriormente, o temporário é o tipo de preenchimento labial mais utilizado, esse procedimento é feito com ácido hialurônico. O uso dessa substancia não traz risco nenhum para o corpo humano.

Uma substância que também é recomendada no procedimento temporário é a gordura autógena, que é retirada do nosso corpo.

Porém, especialistas afirmam que a aplicação dessa substância pode trazer alguns resultados não esperados.

Caso o paciente ganhe um aumento de peso, essas células retirada do nosso corpo podem também aumentar de tamanho, o que pode resultar em aumento excessivo nos lábios.

Entretanto o uso do ácido hialurônico é o mais eficiente.

Semipermanente

Esse tipo de preenchimento labial é desaconselhável, visto que os elementos usados podem trazer problemas para o usuário.

No preenchimento labial semipermanente, são usados substancias como hidroxiapatita de cálcio e poli lactona, quando utilizadas nos lábios, o corpo pode causar uma rejeição, provocando formação de granulomas.

Permanente

Entre os 3 tipos de procedimento esse é o menos indicado pelos especialistas, os elementos utilizados nesse tipo de preenchimento permanente é o metacrilato, PMMA ou silicone.

É considerado perigoso por que essas substancias não são produzidas em nosso corpo, podendo causar rejeições em médio ou longo prazo.

Quais são as contraindicações?

Veja abaixo as contraindicações para realizar o preenchimento labial.

  • Portadores de doença oncológica;
  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Pessoas que tenham herpes ou feridas nos lábios;
  • Gestantes;
  • Portadores de doenças auto-imunes, pneumonias ou infecções;
  • Alérgicos ao ácido hialurônico (AH).

Qual profissional pode realizar o procedimento?

Atualmente três tipos de profissionais podem realizar o preenchimento labial, que são, cirurgiões dentistas, dermatologistas ou cirurgiões plásticos, lembrando que cada um deve ter especialidade na área.

Entretanto, esse tipo de procedimento estético pode ser realizado em uma clínica odontológica ou em um consultório médico.

É extremamente importante que o preenchimento labial seja realizado por uma equipe multidisciplinar, para que haja harmonia facial no procedimento.

Você encontra profissionais capacitados na Clinica Estética em Salvador.

Quais são os cuidados pós-procedimento?

As reações pós-procedimento podem variar de uma pessoa para outra, vai depender de como o organismo de cada um pode reagir.

É normal que nos primeiros dias ocorra um inchaço no local, por motivo do ácido hialurônico pode atrair muita água, o que aumenta o volume dos lábios em um tamanho maior que o desejado.

Porém, com o passar dos dias o inchaço tende a desaparecer. É importante que fique atento a alguns cuidados que podem aparecer a realizar o preenchimento labial.

Veja abaixo alguns cuidados essenciais:

  • Não aplicar cremes e pomadas na região no período de 48 horas
  • Evitar fazer esforço físico
  • Evitar exposição ao sol
  • Não manipular (tocar), massagear ou comprimir a área tratada
  • Evitar o uso de maquiagem no dia da aplicação