Dor de barriga na gravidez: por que ocorre, cuidados e mais!

dor de barriga na gravidez

Entenda as causas da dor de barriga na gravidez e por que o médico sempre deve ser consultado.

Durante a gestação há coisas que costumam deixar a maioria das futuras mamães em alerta, e uma delas certamente é a dor de barriga na gravidez. Essas dores podem ser relativamente comuns durante o início da gestação, em especial durante o primeiro trimestre de transformações no corpo.

Em algumas ocasiões elas são simples, resultado de um dia com maior esforço físico e do organismo funcionando de forma mais lenta e passando com repouso. Porém, ela pode significar outras coisas e requerer outros tipos de cuidados.

É normal ficar preocupada pensando no significado e nas consequências de sintomas como esse. Se você está se preparando para a gestação ou já fez o teste de gravidez e descobriu que está grávida, é bom saber do que se trata e o que fazer em situações como essa.

Quando a dor de barriga na gravidez merece atenção?

Como dito anteriormente, é comum que as gestantes sofram de ansiedade. Algumas sempre estarão sempre em dúvidas com relação aos desconfortos, e as dores abdominais merecem atenção durante os meses de gravidez. Algumas delas podem podem indicar percalços ou complicações que merecem atenção profissional ou acompanhamento diferenciado. Confira:

Dores na parte superior da barriga

Dores fortes no meio ou na parte superior da barriga podem indicar má-digestão, gastroenterite ocasionada por vírus e até pré-eclâmpsia, que é um problema grave e precisa de acompanhamento médico com intensidade.

Dores na parte de baixo da barriga

Dores no baixo ventre ou nas laterais podem indicar tanto um ligamento distendido quanto gravidez ectópica (gestação anormal que ocorre fora do útero), mioma, descolamento de placenta,e até trabalho de parto prematuro. O médico deverá ser comunicado imediatamente.

Dores abdominais de qualquer intensidade acompanhadas por febre, inchaço súbito, dor de cabeça ou náusea, podem significar outras complicações e necessitam de cuidados imediatos.

Alguns desconfortos com relação as dores abdominais – seja início ou no fim da gestação – podem ser amenizadas com alguns cuidados simples. Em especial, mantendo o foco na alimentação. Veja:

A dor abdominal com sensação de estômago apertado pode ser atribuída tanto ao crescimento do bebê quanto ao sistema digestivo mais lento. Para evitar isso, é recomendado se alimentar com pequenas porções em intervalos curtos de tempo, evitar pratos gordurosos e tomar água e sucos ao longo do dia.

Além disso, é importante lembrar que o repouso para a gestante é sempre recomendado.

Aviso importante – sempre consulte seu médico

Em caso de dúvidas, não se acanhe em procurar ajuda ou orientação médica. Nada de tomar remédios por conta própria, pois isso pode prejudicar tanto a sua saúde quanto a do bebê. Quanto mais cedo forem tomados os devidos cuidados, melhor para sua família.

Considerações finais

Bom, esperamos que as dicas sejam úteis e que tenha ficado claro o por que a dor de barriga na gravidez ocorre. Cuide-se e que tudo corra bem nesse momento importante da vida.

Sugestões e dicas de novos artigos podem deixar nos comentários!