Lama biliar: o que é, sintomas, causas e tratamento

A lama biliar, também conhecida como barro biliar ou areia na vesícula, é uma mistura de colesterol e sais de cálcio que se acumulam na vesícula e não conseguem ser eliminados para o intestino, deixando a bile mais espessa e podendo dar origem a pedras na vesícula.

Embora a lama biliar não provoque problemas graves de saúde, essa situação pode dificultar a digestão, causando uma sensação de má digestão em algumas pessoas. Além disso, a presença de lama também aumenta o risco do surgimento de pedras na vesícula.

Na maioria das vezes, a lama ou areia biliar pode ser tratada apenas com alterações na alimentação, sendo que a cirurgia só é indicada quando a vesícula fica muito inflamada e provoca sintomas intensos.

Sintomas da lama biliar

Na maioria das vezes a lama na vesícula não provoca qualquer sintoma. No entanto, também é possível que surjam sintomas semelhantes à pedra na vesícula, como:

  • Dor forte do tipo pontada no lado direito da barriga;
  • Náuseas e vômitos;
  • Má digestão;
  • Fezes semelhantes a barro;
  • Perda de apetite;
  • Gases;
  • Barriga inchada.

Embora a lama dificulte o esvaziamento da vesícula, não impede seu funcionamento e, dessa forma, são raros os casos em que a vesícula inflama e causa sintomas. Conheça outros sintomas de pedra na vesícula.

Possíveis causas

A lama biliar surge quando a bile se mistura com colesterol e sais de cálcio e se acumula por muito tempo na vesícula. Essa situação é muito comum em mulheres grávidas, devido aos altos níveis de estrogênio que aumentam a concentração de colesterol na bile.

Além disso, fazer jejum entre 5 a 10 dias, perder peso muito rápido e manter uma dieta muito baixa em gorduras, também aumentam a concentração de colesterol na bile e diminuem a contração natural da vesícula biliar, podendo levar à formação da lama biliar.

Alguns fatores de risco que também podem contribuir para o surgimento da lama biliar incluem diabetes, excesso de peso, uso de medicamentos, como ceftriaxona e octreotida, e situações hospitalares, como uso de nutrição parenteral total e transplante de órgãos.

Diagnóstico da lama biliar

O gastroenterologista geralmente é o médico que faz o diagnóstico da lama biliar, através do exame físico e da avaliação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa.

Além disso, o médico também pode solicitar alguns exames de imagem para ajudar no diagnóstico da lama biliar, como ultrassonografia, ressonância magnética ou tomografia computadorizada.

Como é feito o tratamento

Em muitos casos não é necessário tratamento com remédios, especialmente se a lama biliar não provocar sintomas. Porém, como pode existir o risco de desenvolver pedras na vesícula, o médico pode aconselhar também uma consulta com um nutricionista.

O nutricionista poderá indicar uma dieta saudável e variada para pessoas que estão em jejum prolongado, ou maior ingestão de gorduras saudáveis, para pessoas que estão em dietas de muito baixa caloria, ou que apresentam uma perda rápida de peso, ajudando a melhorar a contração da vesícula, eliminando, assim, a lama biliar.

No entanto, quando a lama biliar surge devido a outros fatores e causa sintomas parecidos com pedra na vesícula, como dor abdominal e gases, o nutricionista geralmente indica o consumo de frutas e vegetais, cereais integrais, como arroz integral e pão integral, além de recomendar diminuir a ingestão de gorduras. Veja o que comer para aliviar os sintomas da lama biliar.

É possível eliminar a lama biliar?

A lama biliar pode ser eliminada naturalmente quando a causa é tratada. No entanto, nos casos em que a lama biliar permanece mesmo após o tratamento da causa, não é indicado forçar a sua expulsão, pois até o momento não existe tratamento eficaz capaz de promover a sua eliminação, podendo causar sintomas como diarreia e vômitos, sem que aconteça o esvaziamento da lama.

Por isso, é aconselhado seguir uma alimentação saudável e variada, além de ficar atento a sinais e sintomas sugestivos de cálculo biliar, para que o tratamento mais adequado seja iniciado.

Quando é necessário fazer cirurgia

Normalmente é necessário fazer cirurgia quando a lama biliar provoca sintomas intensos ou quando, durante a ultrassonografia também são identificadas pedras na vesícula. Na maioria dos casos a cirurgia feita é a laparoscopia e tem o objetivo de evitar o fechamento dos canais biliares, evitando, assim, uma inflamação grave da vesícula.

Conteúdo original publicado por Tua Saúde